CBC News – Technology & Science – Privacy commission probing Facebook again

Governo canadense avalia possível exposição excessiva de informações pessoais no Facebook, violando aspectos de privacidade.

via CBC News – Technology & Science – Privacy commission probing Facebook again.

Redes sociais: sem estratégia, investida pode acabar mal

A matéria “Redes sociais: sem estratégia, investida pode acabar mal” foi publicada dia 08/01/2010 por Silvia Noara Paladino no site www.resellerweb.com.br. O conteúdo tem tudo haver com as publicações deste blog, então recomendo a leitura.

Acesse a matéria aqui http://www.resellerweb.com.br/noticias/index.asp?cod=64257

Um abraço!
Antonio Ricardo Gonçalves

Ciclo de vida da adoção da tecnologia e inovação

Hoje apresento uma breve abordagem a respeito do ciclo de vida na adoção da tecnologia e inovações. Como um dos objetivos deste blog é abordar inovação, vejamos como isso acontece segundo o modelo de Joe M. Bohlen, George M. Beal and Everett M. Rogers da Iowa State College (Este ciclo originalmente foi desenvolvido e testado com fazendeiros e tratava-se da adoção de padrões de sementes / milho). Após este modelo, surgiram outros, que são adaptações, porém, mantendo a base da teoria inicial.

De acordo com os autores (primeiro ciclo publicado e demais adaptações) o ciclo é dividido em 5 categorias / classes, conforme apresentadas a seguir (Vou utilizar os termos originais em inglês).

1) innovators: os primeiros indivíduos a adotarem a tecnologia. São pessoas que estão dispostas a correr riscos, na maioria jovens de classes socias privilegiadas, com conhecimentos / habilidades financeiras, acesso a recursos científicos e contato com outros inovadores.

2) early adopters: estes indivíduos são grandes formadores de opinião – comparando-os com as categorias a seguir -, além de terem características parecidas com a anterior (innovators) como a juventude, conhecimentos financeiros, ótimas condições sociais e financeira. Também possuem mais probabilidade e capacidade de ascender socialmente do que as categorias a seguir.

3) early majority: indivíduos um pouco mais conservadores, porém abertos a novas idéias. Normalmente demoram um tempo maior para adotar novas tecnologias comparando-os com os “early adopters”. Outras características são a ascenção social menor, conhecimentos / habilidades financeiros mais limitados e capacidade de formar opiniões também mais limitadas.

4) late majority: estes são indivíduos conservadores / céticos em relação as inovações e novas tecnologias e começam a utilizá-las após a maioria das outras pessoas já estarem em plena utilização das inovações. Geralmente pertencem a classes sociais menos privilegiadas, tem pouca habilidade financeira e quase nenhum poder de formação de opinião.

5) laggards: obviamente este são os últimos a aderirem as inovações tecnológicas. Geralmente são indivíduos com aversão a mudanças e inovações, com idade um pouco maior que os demais, além de pertencerem a classes sociais mais baixas e possuírem menor nível de educação e cultura.

     Tente fazer um exercício de autoconhecimento e analisar em qual categoria você mais se identifica. A partir desta percepção é possível saber, por exemplo, quanl é o melhor momento para que você – ou sua empresa – passe a adotar uma nova tecnologia. Lembre-se que estar nas primeiras categorias significa correr riscos – inclusive financeiro – e que você irá necessitar de profissionais bem qualificados para auxiliá-lo neste processo. Tente ficar atento também para não ficar totalmente para trás, com medo excessivo e imóvel em relação às novas tecnologias.

Boa sorte e
Um abraço!!!
Antonio Ricardo Gonçalves

Colaboração e Redes Sociais no Linked in

Participe do grupo Colaboração e Redes Sociais no Linked in.
Acesse: http://www.linkedin.com/groups?home=&gid=2474993

Conceito e utilização do Microsoft SharePoint

Estive acompanhando as estatísticas do blog – através do painel do WordPress – e percebi que existe uma procura grande a respeito de assuntos relacionados ao Microsoft SharePoint. Recomendo aos interessados no assunto que acessem a nova série de publicações que estou redigindo, acessando minhas publicações mais recentes.
Exemplo http://wp.me/pHEPe-72 ou diretamente na Página Principal do meu BLOG antonioricardo.org.

Grande Abraço,
Antonio Ricardo Gonçalves

O que é Web 2.0? (Conceito básico)

     O termo Web 2.0 está associado a aplicações WEB onde o objetivo principal é facilitar os seguintes aspectos: Compartilhamento de informações de maneira interativa, interoperabilidade, desenvolvimento com foco no usuário e colaboração na World Wide Web (www).

Um site baseado no conceito Web 2.0 proporciona que o usuário interaja com outros usuários ou mesmo altere o conteúdo deste site, diferente dos sites da geração Web 1.0, onde o conteúdo era – ou é – estático, ou seja, o usuário apenas tinha acesso para ler as informações, sem nenhum outro tipo de recurso adicional.

Alguns exemplos de sites Web 2.0 são as redes sociais, comunidades, wikis, blogs, sites que compartilham vídeo entre outros vários tipos de aplicações – como as de colaboração – que proporcionam tal interatividade.

O termo Web 2.0 (2004) está associado com Tim O’Reilly, que utilizou pela primeira vez este termo – e também o conceito – no evento O’Reilly Media Web 2.0 conference in 2004.

Clique AQUI para ver outra publicação sobre Web 2.0 em meu BLOG: https://antonioricardo.org/2010/09/29/o-que-e-web-2-0/
Neste artigo abordo com mais detalhes técnicos e exemplificando com cenários e diagramas. Confira!

Um abraço,
Antonio Ricardo Gonçalves

Um vídeo divertido para quem quer entender Wikis

Venho falando bastante a respeito dos Wikis (será que estou exagerando?!)… Neste link http://www.youtube.com/watch?v=-dnL00TdmLY você encontra uma apresentação (em inglês) bem humorada e divertida que lhe ajudará a entender como os Wikis funcionam.

Se preferir, assista aqui mesmo!!!

 Um abraço!!!
Antonio Ricardo Gonçalves