Visão Geral de Hybrid Cloud da Microsoft (em inglês)

hybrid cloud

Recentemente a Microsoft vem acrescentando muita informação relevante para auxiliar a adoção de suas soluções baseadas em Cloud Computing (E não poderia ser diferente). Como estou com pouco tempo para redigir artigos ultimamente, decidi compartilhar – através do link abaixo – uma série muito importante que aborda a visão da Microsoft a respeito de Hybrid Cloud e fornece vários documentos que podem apoiar desde o conhecimento da solução, até sua aplicação prática.  Nesta série são apresentados todos os recursos oferecidos pelo Microsoft Azure, aplicados em vários conceitos que são apresentados em vários artigos deste blog. Para quem se interessa pelo tema Gerenciamento de Computação em Nuvem, por exemplo, vale à pena conferir os tópicos que abordam a utilização do System Center, onde é possível comparar teoria e prática com uma abordagem bem clara.

Este é o Link para o conteúdo no Site da Microsoft (em Inglês): http://blogs.technet.com/b/in_the_cloud/archive/2013/11/12/table-of-contents-success-with-hybrid-cloud.aspx

Boa Leitura!
Um abraço,
Antonio Ricardo

Anúncios

O que é Cloud Computing?

Cloud Computing

OS CONCEITOS:

Porque o termo Nuvem  (em inglês: Cloud) é utilizado?
A ideia é bem simples: A(s) nuvem(ns) não possui(em) forma definida, ou seja, podem assumir qualquer formato ou tamanho, dependendo de fatores como vento, pressão atmosférica, temperatura etc, podem juntar-se ou dispersar, formando novas nuvens; também podem deslocar-se entre locais totalmente distintos.

Agora vamos aplicar a ideia acima a computação.

E o que significa Computação em Nuvem (em inglês: Cloud Computing)?
Basicamente a Computação em Nuvem refere-se a utilização de recursos computacionais como memória, capacidade de armazenamento de dados/informações, capacidade de processamento/cálculo baseados em servidores compartilhados e interligados através da Internet, baseados no princípio da Computação em Grade (em inglês: Grid Computing).

Grid Computing é um modelo de computação onde é possível executar processos através de computadores distribuídos localmente ou geograficamente distribuídos. A Computação em Grade (Grid Computing) é uma evolução da Computação Distribuída. Um exemplo muito interessante de Grid Computing é o “World Community Grid”. Acesse o site http://www.worldcommunitygrid.org para conhecer. Caso queria saber mais sobre os assuntos Grid Computing e Computação Distribuída, a Wikipedia é sempre uma boa fonte para pesquisa.

Outra questão fundamental para entendermos a Computação em Nuvem é a Virtualização, que também possui um conceito simples. A ideia da virtualização é isolar as aplicações/sistemas do hardware, através de uma camada de software conhecida como Hypervisor. O objetivo deste modelo é prover a liberdade de execução de um sistema, sem depender do tipo de hardware utilizado.

Finalmente chegamos onde eu queria: Sintetizar todas as ideias acima em uma explicação para o que conhecemos como Cloud Computing e utilizamos em nosso dia-a-dia.

Cloud Computing (esta é minha visão): Um conjunto de hardware agrupado (em inglês: clustered) com capacidade automática (ou autônoma) de prover serviços através de provisionamento e análise em tempo real da capacidade deste conjunto de hardware. Este modelo tem como objetivo o consumo transparente de recursos de computação que podem estar em qualquer lugar de forma simples e amigável a quem consome o serviço. Este serviço, de acordo com sua capacidade de autogerenciamento, pode “crescer” ou “encolher” de acordo com a necessidade de que está consumindo.

Resumidamente, a ideia de Cloud Computing é atender as necessidades de um consumidor de TI, sem burocracia, com agilidade e de maneira totalmente transparente e gerenciável, baseado nos conceitos acima descritos.

 

A PRÁTICA:

Na prática, utilizamos Cloud Computing o tempo todo. Quando utilizamos serviços como o Google, Gmail, Outlook, Azure, Facebook estamos consumindo Cloud Computing, pois, independente de onde está a infraestrutura e os softwares envolvidos na solução – e estes estão espalhados pelo mundo todo – o que precisamos está sempre ao nosso alcance.

Atualmente existem inúmeros tipos de ofertas de Computação em Nuvem no mercado de TI. Desde as grandes como Microsoft, IBM, HP, Google, Amazon até pequenas empresas fornecem soluções neste modelo. Cabe a cada um, profissional ou empresa, entender o que necessita em quem pode lhe fornecer a melhor solução.

Quando falamos de Cloud Computing, geralmente entramos nos conceitos de TI como um Serviço (TI as a Service), como SaaS, IaaS, Paas, DaaS e vários outros. Caso queira saber sobre estes modelos, acesse este artigo https://antonioricardo.org/2013/03/28/o-que-e-saas-iaas-e-paas-em-cloud-computing-conceitos-basicos  ou navegue pelo blog para mais informações.

Um grande abraço!
Antonio Ricardo