Exemplo de PaaS

PaaS

Recapitulando o Conceito (Já Publicado no artigo “O que é SaaS, IaaS e PaaS em Cloud Computing? – Conceitos básicos”):

PaaS – Platform as a Service (Plataforma como Serviço):
Este modelo fica entre o SaaS e IaaS, proporcionando uma plataforma mais robusta e flexível para a utilização de muitos recursos de tecnologia, onde é possível a utilização de softwares de maneira mais personalizada, sendo possível desenvolver suas próprias aplicações baseadas em alguma tecnologia (framework, linguagem etc.) e utilizar a infraestrutura necessária – disponível na Nuvem.

O exemplo (Aplicações práticas do Conceito):

Para ilustrar o que menciono no conceito, vou apresentar o WOLF, pois, trata-se de uma solução que utiliza todos os conceitos, mas, principalmente tira o melhor proveito possível da utilização de um Framework e da gestão do ciclo de vida de uma aplicação.

A solução WOLF permite que qualquer empresa desenvolva sua aplicação em um ambiente de Cloud Computing, tira proveito dos benefícios do modelo Web 2.0, utilizando o desenvolvimento “code free” (sem necessidade de escrever código), entre outras funcionalidades.

Eu poderia publicar vários parágrafos aqui, mas acredito ser mais produtivo acessar o site do Wolf Framework, pois, existem muitos detalhes e informações, além de vídeos autoexplicativos que irão auxiliar muito no entendimento. Além do mais, não há nenhum tipo de alteração radical, que seja incompreensível para quem tem algum conhecimento – mesmo que seja básico – em Tecnologia da Informação. PaaS é mais uma excelente ferramenta no apoio ao desenvolvimento de aplicações, porém, baseada em ambiente de Cloud Computing.

Lembrando que, este NÃO é um artigo patrocinado e estou utilizando o WOLF apenas pela facilidade de entendimento do modelo, pois, o site tem ótimas informações. Se você deseja mais opções, a seguir apresento mais algumas: Azure (Português), Drupal (Inglês), Salesforce1 Platform (Inglês/Português), Squarespace (Inglês), LongJump (o site do LongJump também é excelente para aprofundar o entendimento – Inglês).

Um abraço!
Antonio Ricardo Goncalves

Sistemas para Gerenciamento de Conteúdo

Este POST aborda os sistemas para gerencimento de conteúdo de forma direta. Espero encorajar os leitores a adotarem uma solução de colaboração, mesmo que esta seja básica.

Que tal começar com um Blog de alguém que esteja disposto a compartilhar sua experiência dentro da empresa ou um Wiki direcionado a um departamento onde a troca de conhecimento e informações seja vital ao seu negócio???!!! 

      Vamos ao POST!!! —> 

       Para que seja possível colocar em prática os nossos conhecimentos sobre Redes Sociais Corporativas e Colaboração é necessário que um software seja escolhido, baseando-se em necessidades e critérios pré-estabelecidos pela empresa e patrocinadores do projeto.

      Esta escolha deve tomar como base questões do tipo:

– Tamanho da empresa;
– Abrangência do projeto (corporativo, departamental, etc.);
– Custo x benefício;
– Grau de dificuldade para implementar e manter a solução;
– Capacitação e necessidade de treinamento dos envolvidos (analistas de TI, autores, revisores, gestores de conteúdo).

     A partir da análise das questões acima (e mais algumas que sejam relevantes para seu projeto) você pode partir para a escolha da sua estratégia de aquisição da solução, que pode ser através de serviço ou aquisição de um produto (software).

             Existem inúmeras soluções para este fim. A seguir, apresento algumas com os respectivos links.

Soluções para Content Management Systems (CMS)
Sistemas para Gerenciamento de Conteúdo

Adobe – Adobe Contribute Publishing Server

Microsoft – SharePoint

IBM – Lotus Web Content Management

Joomla – Joomla

Drupal – Drupal

Google – Google Apps

Feliz 2010!!!
Antonio Ricardo Gonçalves